Tradutor

quarta-feira, 1 de março de 2017

Sarau Elo da Corrente volta em 09/03 com Rodrigo Ciríaco e Mesquiteiros

Dia 09/03 o Sarau Elo da Corrente está de volta, celebrando o início de 10 anos de atividade, no primeiro encontro de 2017 vamos receber os lançamentos de Rodrígo Ciríaco e do Coletivo Mesquiteiros.

SARAU ELO DA CORRENTE
09/03/2017
20h30
BAR DO SANTISTA  - PIRITUBA

LANÇAMENTOS:

VENDO PÓ... ESIA (Rodrigo Ciríaco)

PODE PÁ QUE É 10! - (Rodrigo Ciríaco / Mesquiteiros )




Vendo Pó...esia! é a reafirmação da poiesis de protesto de Rodrigo Ciríaco, poeta-farsante e artista-cidadão que alerta a nossa consciência através de uma miríade de estratégias formais que incorporam desde a influência da poesia concreta, aquela em que as palavras não devem se sentar à mesa como cadáveres em banquetes, até o poema-piada modernista. 

 A fatura poética de Ciríaco, seja através de poemas visuais ou narrativos, é tracejada com o objetivo de perturbar nosso torpor diante da opressão cotidiana que atinge desvalidos como o Edilson do poema “7 X 1”, menino de rua que cheira cola enquanto arrasta sua carroça com sofreguidão.  

 As construções-manifesto do autor como “Biqueira literária”, “Notícias do Brasil” e “Manifesto Clandestino” são entremeadas com poemas gráficos que intrigam e estimulam outro olhar, como “Artigo 06” e “Justiceiros”, tributários da totalidade verbivocovisual desejada pelos concretistas pioneiros. 

 A elaboração literária de Vendo Pó...esia! expressa as demandas daqueles que precisam de um mínimo de justiça social. 

 Vendo Pó...esia!,  Rodrigo Ciríaco,  Editora Nós,  R$ 30,00 (trinta reais) 


Rodrigo Ciríaco




Pode Pá Que É 10! é a nova antologia de poesia e prosa que celebra os 10 (dez) anos  do projeto de incentivo à leitura e difusão literária “Literatura (é) Possível”. Organizada e editada pelo educador e escritor Rodrigo Ciríaco, traz textos de diversos jovens e adolescentes que integram o coletivo Mesquiteiros, além de autores e poetas convidados, como Sérgio Vaz, Conceição Evaristo, Ferréz, Roberta Estrela D`Alva, Binho, entre vários outros.

 O trabalho é pioneiro na utilização dos saraus e da literatura marginal-periférica como ferramenta pedagógica na formação / mediação de leitores dentro da escola / ensino (in)formal. Suas ações contemplam saraus, oficinas, encontros e concursos literários, além de publicações de livros. Em dez anos, textos de mais de 200 (duzentos) poetas e escritores, em sua maior parte jovens e adolescentes das periferias de São Paulo foram publicados nas quatro antologias editadas pelo coletivo.


Pode Pá Que É 10! – Antologia de Poesia e Prosa ORGANIZAÇÃO: Rodrigo Ciríaco / Mesquiteiros SELO: Edições Um por Todos VALOR: R$ 20,00 (vinte reais) –

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Letras e Ladeiras - Literatura, oralidade e presença negra em SP - com Michel Yakini


07/02-(Terça-feira) - 19h30-

Letras e Ladeiras - Literatura, oralidade e presença negra em SP, com Michel Yakini

Na trança entre oralidade, literatura e presença negra em SP, vamos revisitar a história da cidade e sua expansão, desde o pós abolição (1888) até os dias atuais, em textos, vozes e contextos que culminaram no versos, prosas e resistências das Akpolôs (Contadoras de histórias), Samba Rural Paulista, Imprensa Negra, Associativismo Negro, Literatura Negra, Rap, Literatura de Cárcere e Literatura Marginal/Periférica.

Local: A CASA TOMBADA - Rua Ministro Godói, 101/109 - Água Branca

valor: R$ 40,00

contato@acasatombada.comhttps://www.facebook.com/acasatombada

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Iniciativa inédita reúne literatura da periferia de São Paulo em portal bilíngue



Proposta é de fortalecer a produção literária dos territórios; lançamento será em 17 de janeiro.

A produção literária das periferias de São Paulo tem germinado bons frutos ao longo de uma década e meia de efervescência. “Nóis é ponte e atravessa qualquer rio”, verso do poeta Marco Pezão, tem se tornado lema e letra viva na experiência de cada poeta que se dispõe a produzir literatura nas bordas da cidade.


Para colaborar com este processo, e expandir ainda mais a diversidade presente na literatura brasileira contemporânea, o primeiro portal bilíngue focado nesta produção será lançado em 17 de janeiro. “Letras e Becos - Literatura das Periferias de São Paulo” (Letters and Alleys - Literature from the outskirts of São Paulo) é uma antologia em inglês e português que reúne escritos de nove escritoras e nove escritores.

Ao invés do tradicional livro impresso, os 36 textos e traduções que compõe esta antologia serão disponibilizados via internet com acesso gratuito no endereço www.letrasebecos.comA seleção é resultado de uma pesquisa sobre a obra das 18 autoras e autores participantes, que colaboraram com dois textos cada entre poemas, contos e crônicas.

“A paridade de gênero foi um critério fundamental para esta seleção, pois há uma presença significativa das mulheres no cenário. A escolha dos textos se baseou na ginga entre forma e conteúdo de cada produção, com preferência para obras autorais publicadas ” - conta o escritor Michel Yakini, um dos organizadores do projeto e responsável pela pesquisa e seleção dos textos.

O portal é uma iniciativa conjunta do selo independente Elo da Corrente Edições e da produtora Avangi Cultural em parceria com o professor Vivaldo Santos, que coordenou um grupo de estudantes, na realização das traduções, da Georgetown University  (Estados Unidos).

Fazem parte da antologia Akins Kintê, Alessandro Buzo, Allan da Rosa, Binho, Débora Garcia, Dinha, Elizandra Souza, Fuzzil, Lids Ramos, Marco Pezão, Michel Yakini, Priscila Obaci, Raquel Almeida, Sacolinha, Samanta Biotti, Sonia Bischain, Tula Pilar Ferreira e Walner Danziger.

Nosso desejo é contribuir com a tradução e difusão da produção literária das periferias de São Paulo para o mundo. O portal foi criado para ser mais um canal de comunicação entre pesquisadores, escritoras e escritores, ampliando a circulação e o acesso a esta autoria, e acreditamos que ele tem potência para crescer” - comemora a produtora Amanda Prado, outra organizadora do projeto e responsável pela criação do portal.

No portal, além dos escritos dos participantes, há um perfil disponível de cada um deles e acesso ao blog do projeto, que reúne notícias relacionadas à literatura e território, também  é possível acompanhar a iniciativa na página do facebook: fb.com/letrasebecos

Lançamento:


Data:17/01/2017 
Portal:  www.letrasebecos.com
Contato: Amanda Prado | Tel (11) 99811-0658 – avangicultural@gmail.com